top of page
  • Foto do escritor

4 DETALHES DE MÉTRICAS IMPORTANTES NO SPOTIFY FOR ARTISTS


Com tantas informações disponibilizadas sobre faixas e artistas dentro do sistema do Spotify for Artists, alguns detalhes podem passar despercebidos aos músicos. Qual é a importância de cada uma das métricas principais? Tudo é atualizado em tempo real? Entenda mais sobre quatro destes pontos aqui:

1. Plays

A métrica que indica o número de execuções na faixa geralmente tem uma defasagem de 24 a 48 horas em relação aos plays originais. A exceção é na semana de lançamento do produto, quando essa atualização acontece em tempo real.

Neste momento da semana inicial, pode acontecer de o Spotify for Artists indicar determinado número de execuções e depois retroceder, mostrando um número menor. Isso acontece porque o sistema da plataforma elimina automaticamente determinados tipos de plays, considerados ações incomuns para um ouvinte normal. Por exemplo, se você ouve a mesma faixa de novo e de novo por um longo tempo, sem pausa, certamente alguns desses plays serão cortados do relatório final, por não ser um comportamento compatível com a forma que um usuário médio consome música. Isso acontece porque a plataforma quer se precaver diante da possibilidade de plays “fabricados”, como acontece quando usuários deixam contas tocando um produto o tempo todo para inflar o número de execuções.



Quando a mesma faixa está presente em diferentes produtos (por exemplo, em um single e um álbum ao mesmo tempo), os números são somados. Essa junção dos dados só não acontece se o fonograma for ligeiramente diferente (como em versões distintas de master ou mix), se as versões tiverem durações diferentes ou metadados muito diferentes (como créditos incompatíveis de artistas e compositores).

Outro ponto importante de destacar é que, apesar de a plataforma apresentar essas informações rapidamente aos artistas, isso não significa que o pagamento será imediato. É comum que vários serviços de streaming prestem contas oficialmente e efetuem o pagamento sobre os plays com 2 a 3 meses de diferença. Plays obtidos durante o fim de um mês também podem vir a ser pagos apenas junto ao relatório do mês subsequente.

2. Ouvintes mensais

Essa é uma das métricas mais relevantes para os artistas dentro do mercado, que mostra quantos usuários diferentes ouvem suas músicas no Spotify recentemente. No entanto, esse cálculo leva em conta não exatamente o último mês, mas as execuções dos últimos 28 dias mostrados no Spotify for Artists – ou seja, sempre com essa pequena defasagem apontada no item anterior, de 24 a 48 horas.

Essa quantidade de dias também é o que define a ordem das faixas populares na página do artista, que sofre variações diárias.

3. Views

A métrica aponta para o número de visualizações do Canvas da faixa – o vídeo de até 7 segundos que pode ser adicionado pelo Spotify for Artists e visto no aplicativo do Spotify em dispositivos móveis.

A plataforma afirma que, com o Canvas, os usuários ficam 145% mais suscetíveis a compartilhar a música, especialmente em outras plataformas, como no caso dos stories de Instagram e Facebook.

4. Saves

Essa métrica aponta o número de pessoas que incluíram a faixa em seus favoritos na biblioteca de música. Essa é considerada a principal métrica de engajamento dentro da plataforma, por mostrar a intenção de ouvir a música novamente no futuro.

Este é um dos principais pontos em que a realização de um pre-save pode ajudar a estratégia de um lançamento. Ao incluir a faixa entre os seus favoritos antes mesmo de estar no ar, o ouvinte colabora para que o Spotify entenda algoritmicamente a relevância do lançamento e possa oferecê-lo a mais pessoas. Procurando mais? Confira todo o nosso Guia do Artista aqui.

Comments


  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • LinkedIn
  • Youtube

Institucional

Soluções

Feito com ♫ e com pela iSound

Copyright © 2024 iSound®

bottom of page