top of page
  • Foto do escritor

TikTok lança app de música no Brasil e na Indonésia

O anúncio do novo app vem meses antes da aposentadoria do serviço de streaming anterior da ByteDance, o Resso

TikTok Music estará disponível apenas no Brasil e na Indonésia (foto: Divulgação) A ByteDance, dona do TikTok, anunciou nesta quinta-feira (6/7) o lançamento de seu serviço de música: o TikTok Music. Disponível apenas no Brasil e na Indonésia por enquanto, o aplicativo será pago e sem anúncios. A assinatura custará R$ 16,90 na versão individual e R$ 26,90 pelo plano família. Estudantes pagam metade. O pacote anual sai por R$ 159,90.


O anúncio do novo app vem meses antes da aposentadoria do serviço de streaming anterior da ByteDance, o Resso, que sairá de circulação em setembro. A página da plataforma na Play Store acumula críticas após restrição, em maio, do acesso a músicas completas para quem tem conta gratuita.

Foto: Aplicativo Resso que será descontinuado pela empresa.


"Era bem melhor quando tinha a opção de pelo menos assistir anúncios para ouvir as músicas, mas agora só disponibilizam um trecho pequeno", comentou o dono de celular Android, Wagner Barbosa, na Play Store. Os aplicativos concorrentes Spotify (205 milhões de assinantes) e Deezer (9,4 milhões) operam em modelo freemium, com contas gratuitas sujeitas à publicidade digital e assinantes. A controladora do TikTok não divulga o número de assinantes do Resso.

Procurada pela reportagem, a ByteDance afirma que a decisão de encerrar a versão gratuita foi tomada com o objetivo de oferecer a melhor experiência de áudio: sem anúncios, com sons de alta qualidade, a opção de baixar músicas para ouvir offline, a disponibilização de letras de músicas e reprodução de listas em dupla, além de recursos sociais como curtidas, comentários e recomendações.

"Paralelamente aos benefícios para os usuários, a decisão visou ampliar as oportunidades e receita para artistas e detentores de direitos", diz a empresa em nota.

O TikTok Music afirma que oferecerá também mais interação entre os usuários. Além disso, pessoas poderão usar músicas curtidas no TikTok para orientar seleções musicais feitas pelo algoritmo da ByteDance.

Uma das críticas ao Resso era a censura a xingamentos e palavras de baixo calão. A ByteDance afirmou à reportagem que músicas explícitas estarão na plataforma, mas os usuários poderão ocultá-las de suas listas de recomendação.

O catálogo do serviço de streaming inclui as grandes gravadoras Universal, Warner e Sony, além de títulos menores e independentes. Ainda é impossível comparar as músicas disponíveis com a concorrência.

A ByteDance vende o TikTok Music como uma rede social de músicas, com a capacidade de potencializar a descoberta de hits oferecida pelo TikTok. O aplicativo se tornou elemento central de divulgação na indústria musical, com dancinhas e virais.

Os usuários do TikTok poderão baixar as músicas conhecidas pelos vídeos no TikTok Music e compartilhar as faixas com membros de sua comunidade —outro recurso de comunicação disponível no streaming da ByteDance. As comunidades funcionarão como fóruns de debate.

Outras opções presentes na concorrência, como letras em tempo real e playlists colaborativas, também estão presentes no TikTok Music.

A controladora do TikTok não respondeu à pergunta da reportagem se o aplicativo de streaming permitirá criar playlists com palavrões em título ou descrição —o que é proibido no Resso.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • LinkedIn
  • Youtube

Institucional

Soluções

Feito com ♫ e com pela iSound

Copyright © 2024 iSound®

bottom of page